Archive by Author | Matheus

Projeto Londrina – Cinema

Anúncios

Contagem regressiva: 4ª temporada de Breaking Bad

Tempo é algo engraçado. Eu assisti às três temporadas de Breaking Bad em uma semana (aliás, menos), em dezembro. Isso foi há 7 meses, mas por algum motivo eu sinto como se fosse há mais de um ano. Faltando poucos dias para a estreia da nova temporada chegar, eu revejo algumas cenas que deixaram marcas até aqui.

E eis que a AMC nos brinda novamente com um novo trailer:

Walter White está de volta, e dessa vez ele não está em perigo.

Ele é o perigo.

Faltam 11 dias!

Boardwalk Empire: Tease da 2ª temporada

Apesar de ter gostado muito de Boardwalk Empire, terminei a primeira temporada e esqueci completamente da série. Mas aí a HBO lançou o Tease da segunda temporada, e…

Pois é, acho que qualquer um que assiste isso ficou entusiasmado novamente, não?

A segunda temporada volta em setembro.

[Resenha] The Killing 1ª Temporada

Quando soube que o canal AMC estaria exibindo uma nova série, não pensei duas vezes antes de começar a assisti-la. Afinal, o canal é conhecido por seus programas de alta qualidade.

Infelizmente The Killing é uma exceção.

"Quem matou Rosie Larsen?" — Série gira em torno de assassinato da adolescente.

The Killing é a versão americana da série dinamarquesa Forbrydelsenem, e tem como foco principal a investigação do assassinato da jovem Rosie Larsen. Seguimos os passos dos detetives Sarah Linden e Stephen Holder em busca da solução do crime. Em segundo plano também acompanhamos a vida da família de Rosie após sua morte, os suspeitos e até a vida de um político da cidade.

 A primeira temporada contém 13 episódios, sendo que cada episódio conta como um dia na história. E isso é um jeito interessante de narração, mas imagino que para quem acompanhou semanalmente (que é o meu caso) não sentiu o efeito esperado pelos roteiristas.

A série começou bem, mas teve um desenvolvimento ruim. Somos apresentados a vários suspeitos que logo depois são descartados e não têm mais aparições. Diversas vezes o recurso conhecido como Cliffhanger é usado nos fins dos episódios, mas não tem importante no episódio seguinte. Isso mostra tamanha falha na criação do roteiro — parecendo até que os criadores não tinham mais ideias.

Notas:

  •  História: 5,5/10; Está cada vez mais comum séries policiais hoje em dia. Então é necessário inovar, e The Killing veio com essa intenção. Tinha tudo para dar certo, mas pelos fatores que citei se tornou algo pior do que as histórias que estamos acostumados. Eu realmente fiquei entusiasmado com o primeiro episódio e ainda tentei gostar do programa, mas não consegui.
  • Atuação: 8,6/10; O elenco é muito bom, ponto positivo para a série. A família de Rosie consegue transmitir toda a tristeza, melancolia e raiva, tanto que uma das melhores cenas que vi foi com a mãe. A única exceção é da detetive Linden, que demonstra muito pouco sentimento, parecendo até um robô.
  • Direção artística: 8,8/10; Há poucos momentos que mostram as cenas do crime, mas é feito um bom trabalho quando aparecem. Nas cenas comuns, de investigação, o clima é bastante sombrio e combina completamente com a premissa da série.
  • Trilha sonora: 9,0/10; Foi feita pelo compositor Frans Bak e é a mesma da original dinamarquesa. É bem trabalhada e exalta o clima de suspense (que deveria existir, mas os culpados aqui são os roteiristas).

NOTA FINAL: 7,9/10 — Mediano

The Killing tentou inovar. Muitos defendem a série, mas para mim não passa de algo medíocre. Vale ressaltar que no final da temporada ainda não é descoberto o verdadeiro assassino da jovem, contradizendo a palavra dos diretores. E isso foi uma opção muito arriscada para o canal porque muitos espectadores não voltarão daqui a um ano para a segunda temporada (eu incluso).

Mais sorte da próxima vez, AMC.

3% – A série brasileira de ficção científica

Um assunto frequente que eu e meus amigos discutimos são séries. Em uma dessas conversas, lembramos que o Brasil não é um país que costuma produzir séries televisivas — Claro, a Globo eventualmente exibe comédias, mas não há nenhum programa com um tema mais interessante.

3% é uma criação de Pedro Aguilera. É uma ficção científica cuja história gira em torno de diversas pessoas que precisam competir entre si para passar para o “lado de lá”, um lugar bom, rico e com uma oportunidade melhorar a vida. Essas pessoas vivem no “lado de cá”, que contém características opostas. Apenas 3% dessas pessoas que tentam, porém, podem passar para o outro lado.

Leia Mais…

Contagem regressiva: 4ª temporada de Breaking Bad

Não escondo de ninguém que sou um imenso fã de Breaking Bad. Portanto, sou mais um que não vê a hora do dia 17 de julho chegar — que é a data de estreia da quarta temporada da série.

Leia Mais…

Séries canceladas e renovadas

Venho aqui com a lista das séries canceladas e renovadas. A quantidade das canceladas é bem grande, algo atípico.

Canceladas

  • 18 to Life
  • Better With You
  • Big Love
  • Breaking In
  • Brothers & Sisters
  • Caprica
  • Chaos
  • Chase
  • Criminal Minds: Suspect Behavior
  • Detroit 187
  • Friday Night Lights
  • Glory Daze
  • Greek
  • Hellcats
  • Human Target
  • In Treatment
  • Law & Order: LA
  • Lie to Me
  • Life Unexpected
  • Lights Out
  • Mad Love
  • Medium
  • Mr. Sunshine
  • My Generation
  • No Ordinary Family
  • Off the Map
  • Outsourced
  • Perfect Couples
  • Running Wilde
  • Secret Diary of a Call Girl
  • Shit My Dad Says
  • Stargate Universe
  • The Cape
  • The Chicago Code
  • The Defenders
  • The Event
  • The Whole Truth
  • Traffic Light
  • V

Renovadas

  • 30 Rock (6a temporada)
  • 90210 (4a temporada)
  • Army Wives (6a temporada)
  • Being Erica (4a temporada)
  • Being Human US (2a temporada)
  • Blue Bloods (2a temporada)
  • Blue Mountain State (3a temporada)
  • Boardwalk Empire (2a temporada)
  • Body of Proof (2a temporada)
  • Bored to Death (3a Temporada)
  • Bones (7a temporada)
  • Breaking Bad (4a temporada)
  • Burn Notice (5a temporada)
  • Californication (5a temporada)
  • Castle (4a temporada)
  • Chuck (5a temporada)
  • Community (3a temporada)
  • Cougar Town (3a temporada)
  • Covert Affairs (2a temporada)
  • Criminal Minds (7a temporada)
  • CSI: NY (8a temporada)
  • Desperate Housewives (8a temporada)
  • Dexter (6a temporada)
  • Drop Dead Diva (3a temporada)
  • Episodes (2a temporada)
  • Fairly Legal (2a temporada)
  • Fringe (4a temporada)
  • Game of Thrones (2a temporada)
  • Glee (3a temporada)
  • Gossip Girl (5a temporada)
  • Grey’s Anatomy (8a temporada)
  • Happy Endings (2a temporada)
  • Harry’s Law (2a temporada)
  • Haven (2a temporada)
  • Hawaii Five-0 (2a temporada)
  • Hot in Cleveland (3a temporada)
  • How I Met Your Mother (7ª e 8ª temporada)
  • House (8a temporada)
  • Hung (3a temporada)
  • Justified (3a temporada)
  • Leverage (4a temporada)
  • Lip Service (2a temporada)
  • Lost Girl (2a temporada)
  • Luther (2a temporada)
  • Mad Men (5a à 7a temporadas)
  • Memphis Beat (2a temporada)
  • Merlin (4a temporada)
  • Mike & Molly (2a temporada)
  • Misfits (3a temporada)
  • Modern Family (3a temporada)
  • Nikita (2a temporada)
  • One Tree Hill (9a temporada)
  • Parenthood (3a Temporada)
  • Parks & Recreation (4a temporada)
  • Pretty Little Liars (2a temporada)
  • Private Practice (5a temporada)
  • Raising Hope (2a temporada)
  • Rizzoli & Isles (2a temporada)
  • Rookie Blue (2a temporada)
  • Royal Pains (3a temporada)
  • Shameless US (2a temporada)
  • Sherlock (2a temporada)
  • Silk (2a temporada)
  • Skins (6a temporada)
  • Spartacus (2a temporada)
  • Sons of Anarchy (4a temporada)
  • Southland (4a temporada)
  • Supernatural (7a temporada)
  • Survivor (23a temporada)
  • The Big C (2a temporada)
  • The Closer (7a temporada)
  • The Real L World (2a temporada)
  • The Vampire Diaries (3a temporada)
  • The Walking Dead (2a temporada)
  • Treme (3a temporada)
  • True Blood (4a temporada)
  • Two and a Half Men (9a temporada)
  • Warehouse 13 (3a temporada)
  • Weeds (7a temporada)
  • White Collar (3a temporada)
  • Young Justice (2a temporada)

The Chicago Code infelizmente foi cancelada. Não era algo que eu consideraria incrível, mas tinha muito potencial.

Mr. Sunshine era chato, e eu posso dizer isso mesmo tendo assistido somente ao primeiro episódio. É triste ver um ator como o Matthew Perry (o Chandler em Friends) falhando desse jeito.

Finalizando, consigo recuperar meu ânimo ao lembrar das novas temporadas de How I Met Your Mother, Breaking Bad e Dexter (as duas últimas já foram faladas por aqui).